15202912083430.png
Capa

EDIÇÃO IMPRESSA


Gentileza

Gabriel Oscar Viana. Se emocione com essa história de resiliência, luta e Amor!

 "Solidariedade não é caridade, solidariedade é muito mais, é humanismo revolucionário" 

 Miriam, a irmã do Gabriel, relata com muita emoção a saga do irmão desde o diagnóstico da doença de crohn em 2017. Até então Gabriel era apenas mais um adolescente de 16 anos com muitos sonhos e projetos para o futuro.

 "Foram vários tipos de exames, começou com diarreia, emagrecimento repentino e falta de ânimo, meu irmão só ficava deitado",conta

 No início foi tratado com anemia, depois de alguns exames, diagnosticaram vermes. O tempo foi passando e Gabriel piorava essa doença é de difícil diagnóstico. Ele começou a reclamar de dor retal, foi marcado exame e o médico então receitou algumas pomadas e pediu a colonoscopia. Finalmente no laudo veio o resultado:

 Doença de Crohn!!!

 "Nossa luta começou ali naquele dia", relata a irmã. "Infelizmente o tratamento no SUS é lento e a doença começou a avançar sem que percebêssemos, porém num primeiro momento não foi feito uso de medicação e a doença entrou em remissão. Ano passado a doença voltou muito agressiva, foram feitos exames para tentar acelerar o processo é o médico pediu uma tomografia, como estávamos sem recursos os funcionários da Via Scarpa se reuniram e ajudaram na realização do exame", acrescenta.

 O Gabriel então foi diagnosticado com caso bem avançado e o médico prescreveu Infliximabe, um medicamento que custa 4 mil reais ampola. Miriam relata ainda que Gabriel nesse período passou muito mal, precisando ser levado às pressas para Joinville, já não comia não andava e pouco ia ao banheiro foi submetido a cirurgia de emergência pois tinha líquido na cavidade abdominal, muito fraco teve que receber sangue antes, mas passou bem nesse primeiro momento, lavaram o abdômen e descolaram o intestino que estava grudado.

A viagem pra Joinville só aconteceu graças à associação de DII de Santa Catarina, instituição que auxilia pessoas que tem doença intestinal inflamatória.

 Passados os primeiros dias no pós operatório o Gabriel apresentou um quadro de infecção e tinha muita dor então o grupo médico decidiu abri-lo novamente. Nessa segunda cirurgia descobriram duas perfurações e o apêndice estourado e tinha estenose então além do apêndice tiraram também um pedaço do intestino e colocaram uma bolsa de Ileostomia.

Ele está se recuperando bem da cirurgia, mas ainda está bem abaixo do peso e a

doença está ativa. Daqui um ano mais ou menos, Gabriel terá que fazer outra cirurgia para reverter a ileostomia.

 Como o quadro se agravou aumentou a dose do Infliximabe para três ampolas em cada aplicação, dando um gasto de 12 mil por aplicação. Fizemos o processo pelo SUS mas foi devolvido para atualizar documento.

 Conseguimos algumas doses emprestada pra ele iniciar o tratamento mas teremos que devolver, Gabriel tomou a primeira no dia 12/08/2020.

 Graças a Deus muitas pessoas se sensibilizaram e nos ajudam, também estamos fazendo rifas e pedágios. A rotina diária do Gabriel é complicada e delicada, a alimentação e os cuidados com higiene são redobrados.

Meu pai é aposentado por doença cardíaca e minha mãe trabalhava na Via Scarpa, saiu do emprego para cuidar do meu irmão.

 Temos Fé que tudo ficará bem e meu irmão Gabriel vai sair dessa vencedor.

Agradecemos imensamente todos que ajudaram e continuam nos ajudando até aqui.

Endereço do Gabriel:

Rua Maria Kammer Coelho número,115

Bairro Ribanceira do Sul na cidade de São João Batista- SC

Telefones para contato:

Arlindo Viana - Pai (47) - 997568210

  Ana Maria Viana- Mãe (48) - 991800534

Contas para doação:

Caixa Poupança

Agencia: 3533 Conta Poupança 11128-5 / CPF 118.694.499-40 - Titular - Gabriel Oscar Viana

Caixa Conta Corrente

Agencia: 3533 Conta Corrente 25696-4 / CPF 858.184.969-53 - Titular - Ana Maria Viana


jr.png

| | insta |

Quem somos | Mapa do site | Webmail | Painel de controle

Copyright © 2017 Jornal Razão - Tijucas SC
Todos os direitos reservados.


Whatsapp
(48) 8453-0809


EDIÇÃO IMPRESSA

Sexta, 15 de dezembro

Capa