24/11/2017 às 11h11 - Atualizado em 24/11/2017 às 11h10

Freiras e alunos do Colégio Divino Espírito Santo (1964)

O Colégio Divino Espírito Santo de Tijucas foi um educandário de renome e, portanto, de difícil ingresso. Ali estudavam filhos de famílias abastadas ou alunos beneficiados com bolsas de estudo. A fama atraiu muitos estudantes de outras cidades, porém a grande maioria era formada por alunos do Vale do Rio Tijucas e Costa Esmeralda. No começo só eram aceitas meninas, mas com o tempo diminuiu o rigor e também ingressaram rapazes.

Em 1964, 10 anos antes da formatura da última turma, foi colhido este fragrante. Aqueles meninos e meninas hoje são distintos senhores, sessentões, entre eles Cleoni Adriani, Paulo César Lemos (Palica), Maurício José da Silva (Gola) e Paulo Floriano