04/12/2017 às 08h08 - Atualizado em 05/12/2017 às 08h46

Jardins influenciam no valor dos imóveis

LEOPOLDO BARENTIN

A cidade pode se considerar privilegiada no que se refere a presença de árvores na área urbana. Estima-se que nesses 22 anos em que é realizada a Feira Anual de Mudas de Árvores Frutíferas e Ornamentais, mais de 150 mil plantas ganharam espaço nos quintais tijuquenses e propriedades das cidades vizinhas. Na área rural o volume de mudas de frutas como a tangerina e o maracujá foi bem maior. Entretanto, nem todo mundo se preocupa com os seus jardins internos e externos, os quais, quando bem cuidados, podem representar um belo cartão de visita.

Kaira e Rafael Koch são proprietários da “Jardim Itinerante”, empresa que atende na rua Alvina Simas Reis, 191, no centro da cidade. São especialistas no ramo e revelam que esta consciência vem mudando radicalmente nos últimos tempos, em toda a região.

“A atenção aos espaços ociosos funciona em efeito cascata: um lugar implanta um jardim bem planejado, a vizinhança logo percebe e outros seguem os exemplos. Essa consciência também se vê muito hoje nos condomínios das praias, acredito que pela necessidade da presença do verde e da beleza das flores”, comenta Kaira.

Presença oportuna

Empresas como a Jardim Itinerante, especializada na assessoria, consultoria, implantação e manutenção de jardins, além da venda de mudas e insumos para jardinagem, são fundamentais para quem não tem experiência no ramo e pretende investir no paisagismo da sua residência ou empresa. Eles elaboram mapas de plantas que podem ser utilizadas em espaço, levando em consideração as condições climáticas do local desejado.

“Nós fornecemos através de encomenda mudas frutíferas e ornamentais de diferentes idades, inclusive as enxertadas, que podem produzir frutos já no primeiro ano de plantio”, informa Rafael.

A lida com o paisagismo vegetal pode ser uma atividade terapêutica e de lazer para o ano todo, mesmo para quem não tem habilidades ou experiência. Cada estação tem uma característica própria e é preciso verificar o que as espécies de cada jardim estão precisando naquela estação. Kaira dá um exemplo:

“No inverno é importante adubar e podar, nas épocas chuvosas é interessante para implantação de novos jardins, com condições mais amenas e garantindo umidade para as espécies. Na época de primavera/verão tudo é mais fértil, devendo-se cuidar das ervas daninhas e insetos sempre. Daí a importância da contratação de pessoas especializadas na manutenção de jardins e quintais”, diz.

Orientações objetivas

Kaira e Rafael Koch estão no mercado há mais de dois anos e já tem uma clientela fiel, graças aos seis anos de experiência dele. O casal se coloca à disposição de toda a região para os serviços que prestam e tiveram a gentileza de prestar algumas informações bem interessantes. Confira:

*No que se refere às espécies mais usadas em áreas como o Vale e Costa Esmeralda, eles afirmam que varia conforme a quantidade de insolação e umidade do local

*Geralmente são utilizadas plantas arbustivas resistentes a intempéries, como buxinho (Buxus sempervirens), Kayzuca (Juniperus chinensis), Podocarpo (Podocarpus macrophyllus), Cica (Cycas revoluta) e palmeiras em geral

*Levamos sempre em consideração o gosto do cliente, orientando-os a escolherem espécies que durem bastante tempo

*Nos jardins internos a empresa de Kaira e Rafael busca utilizar mais folhagens, que necessitem de pouca insolação, tais como Raphia (Rhapis excelsa), Comigo-ninguém-pode (Dieffenbachia Amoena), Espada de São Jorge (Sansevieria Trifasciata), entre dezenas de outras que ajudam a purificar o ambiente e trazem elegância

*Na verdade existe uma infinidade de opções que podem ser exploradas. Porém existem plantas que são as queridinhas

*Muitas pessoas também buscam ter belos jardins combinados a pomares e hortas, juntando o útil ao agradável. A presença de árvores frutíferas em meio à folhagem dos jardins é uma tendência adotada por muita gente

*A empresa dá garantia de 30 dias as plantas que fornece, desde que nesse período o cliente se comprometa em regá-las diariamente.

Questionado sobre os fatores relevantes para a repaginação paisagística de uma empresa, Rafael Koch fez a seguinte declaração:

“Irá depender muito das condições climáticas, do gosto do cliente e se haverá alguém responsável por irrigar e cuidar do jardim periodicamente. No geral buscamos colocar espécies mais resistentes, que não precisem de atenção constante. Também sempre procuramos inovar em alguns pontos, introduzindo espécies diferentes do que se observa nas cidades do nosso entorno”, finalizou.

Kaira e Rafael Koch se colocam à disposição dos interessados para melhores esclarecimentos inclusive com visita agendada ao endereço dos futuros clientes, seja para implantação de um grande jardim ou simplesmente para uma manutenção mensal. Os contatos podem ser feitos pelos fones 48 9 9650 8516 ou 9 9699 4703.

LORRAN FRANÇOIS BARENTIN