15202912083430.png
Capa

EDIÇÃO IMPRESSA


PANDEMIA

Segundo fim de semana de lockdown em SC tem 17 locais interditados e 15 pessoas presas

Cerca de 500 policiais militares estão focados nas ações nas cidades com mais casos de coronavírus

No segundo fim de semana com medidas restritivas em Santa Catarina, a Polícia Militar informou que realizou 3.517 fiscalizações entre sexta-feira, 5 de março, e a tarde deste domingo (7). Neste período, 192 proprietários de estabelecimentos foram notificados por irregularidades, 17 foram interditados e 15 pessoas foram presas.

As ações ocorrem para fiscalizar o cumprimento do Decreto 1.172, publicado em 26 de fevereiro e que suspendia o funcionamento de serviços não essenciais das 23h de sexta-feira até as 6 horas de segunda-feira nos dois fins de semana seguintes à publicação. O objetivo é desacelerar a curva de contágio da doença em um momento de alta taxa de ocupação dos leitos clínicos e de UTI no Estado.

Para o trabalho de fiscalização, Santa Catarina conta com um reforço de 500 policiais militares, que, neste momento, estão atuando exclusivamente nesta função. De acordo com o comando-geral da PM, a tropa está sendo empregada nos municípios que, juntos, concentram a maioria do número total de casos da doença no estado. O efetivo poderá atuar de acordo com as necessidades apontadas pela área da Saúde.

Na Polícia Militar, durante o segundo final de semana de restrições, as ações foram reforçadas com o serviço de inteligência, identificando pessoas ou pequenos grupos que estariam organizando eventos e acabaram sendo desmobilizados de maneira antecipada pelos policiais. A integração das polícias militar rodoviária e ambiental foi outra estratégia que ajudou a ampliar a capacidade de fiscalização.

Segundo o comandante-geral da Polícia Militar de Santa Catarina, coronel Dionei Tonet, o papel da população também é fundamental.

"É muito importante que as pessoas estejam bem informadas e nos ajudem, passando informações. A participação da própria comunidade torna o nosso trabalho ainda mais efetivo", disse o comandante-geral.

A denúncias podem ser feitas pelos canais da PMSC, através do número 190 e por meio do aplicativo PMSC Cidadão, disponível nas plataformas IOS e Android.


Com informações do Diário Catarinense 




ULTIMAS NOTÍCIAS

jr.png

| | insta |

Quem somos | Mapa do site | Webmail | Painel de controle

Copyright © 2017 Jornal Razão - Tijucas SC
Todos os direitos reservados.


Whatsapp
(48) 8453-0809


EDIÇÃO IMPRESSA

Sexta, 15 de dezembro

Capa