nas-redes.png

EDIÇÃO IMPRESSA

Sexta, 15 de dezembro

Capa
Capa

EDIÇÃO IMPRESSA


SAÚDE

Tijucas já conta com mais de 200 focos do mosquito da DENGUE

Patrícia Ferreira

O verão está chegando, com início previsto para o dia 22 de dezembro, e com ele também aumenta o alerta de prevenção ao surto da dengue, zika e chikungunya. Por ser um período de muito calor e frequentes pancadas de chuva, a velocidade da reprodução do mosquito Aedes Aegypti é ampliada, causando grande preocupação na comunidade.

Por isso, a Administração Municipal de Tijucas, através da Secretaria de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica em Saúde, está reforçando a importância da conscientização e do combate ao mosquito transmissor das doenças e seus criadouros. Cada morador deve fazer sua parte e verificar seu quintal, eliminando água parada.

"Com o verão, o ambiente se torna propício para a reprodução do mosquito Aedes Aegypti. A transformação dele para adulto leva em média 15 dias. No verão esse tempo é reduzido para aproximadamente sete dias, ou seja metade do tempo. Todo cuidado é pouco, pois já estamos lutando contra a Covid-19", explica o secretário de Saúde de Tijucas, Vilson José Porcincula.

Para combater o mosquito, uma equipe composta por agentes comunitários e agentes de endemias está visitando as residências e empresas limpando locais com criadouros. De acordo com Joseane Ternes, coordenadora de Endemias, o objetivo é combater a água parada, criadouro do mosquito, nas áreas residenciais e nos estabelecimentos comerciais. Ela alerta que houve um aumento de mais de 150% no número de focos, comparado ao mesmo período do ano passado.

"Nossa preocupação é com a prevenção e a educação. Por isso nossos agentes estarão fiscalizando e orientando a população nos bairros para que os locais onde temos maior proliferação do mosquito estejam sob vigilância. O Centro e o bairro Universitários já são considerados infestados pelo Aedes Aegypti", informou a coordenadora.

Dados

Em 2020, Tijucas teve 271 casos confirmados de dengue, mas no momento não têm nenhum caso ativo. Na cidade existem 225 focos do mosquito, principalmente no Centro e no bairro Universitário. Nos bairros: Praça, XV de Novembro, Joáia, Areias e Timbé também já foram encontrados focos do mosquito, mas ainda não são considerados infestados.

"Já tivemos números preocupantes no último verão e por isso cada um precisa fazer a sua parte para que não tenhamos uma nova epidemia dos casos de dengue em nosso município. No setor público estamos tomando medidas preventivas ao longo de todo o ano e agora vamos intensificar estas ações, mas sem a colaboração da comunidade não será possível o combate eficiente ao mosquito. Cada um precisa fazer a sua parte em sua casa", diz o prefeito Eloi Mariano Rocha.

Plantão de informações

A partir da semana que vem o setor de Combate a Endemias estará realizando plantão de informações nos maiores comércios, localizados nos principais bairros afetados, prestando esclarecimentos e orientações, bem como distribuindo panfletos de conscientização para a população.

Denúncias

Além de cuidar para não acumular água limpa parada em seu quintal, você pode denunciar algum local que não está sendo devidamente cuidado pelo proprietário. Acesse o site da prefeitura (www.tijucas.sc.gov.br) e faça sua denúncia na Ouvidoria Municipal. Para que a denúncia tenha validade é preciso fazer o cadastro, mas fique tranquilo, pois os dados são mantido sob total sigilo.




ULTIMAS NOTÍCIAS

jr.png

| | insta |

Quem somos | Mapa do site | Webmail | Painel de controle

Copyright © 2017 Jornal Razão - Tijucas SC
Todos os direitos reservados.


Whatsapp
(48) 8453-0809

 

Quem somos | Mapa do site | Webmail | Painel de controle

 

Copyright © 2017 Jornal Razão - Tijucas SC
Todos os direitos reservados.