Douglas B. Camargo

Historiador, raro caso de historiador de Direita, Cristão. Colunista.

A Leitura Dinâmica de Alexandre " The Flash" de Moraes: como ler um relatório técnico sobre urnas suspeitas em treze minutos.

O homem mais " ligeiro" do STF "retrucou" em treze minutos o protocolo do PL jogando o partido numa sinuca de bico sobre o resultado das eleições. O PL esta disposto a cancelar o primeiro turno também? Seus deputados eleitos aprovam ?

A Leitura Dinâmica de Alexandre " The Flash" de Moraes: como ler um relatório técnico sobre urnas suspeitas em treze minutos.

O resumo da situação é a seguinte: Encontraram diversos indícios, não por discurso ou análise política, mas com técnicos de formação sólida na área, que apontam inconsistências nas urnas fabricadas antes de 2020.

As urnas mais antigas deram Vitória para Lula. As mais novas para Bolsonaro. As urnas mais antigas são justamente as que seriam " inauditáveis". Não há sequer como saber se o Código Fonte cedido  pelo TSE a equipe do exército é mesmo referente aquelas urnas. 

As discrepâncias poderiam facilmente inverter o resultado: quem perdeu de fato poderia ter sido beneficiado pela urna e agora figura como vencedor. 

Mas a causa motivante deste artigo opinativo é a reação de Alexandre de Moraes, Eis que ao receber o relatório técnico longo e complicadíssimo, pois é carregado de elementos técnicos, treze minutos depois Alexandre determinou prazo de vinte e quatro horas para que o partido liberal estendesse elementos que cobrissem também o primeiro turno das eleições.

Ou ele lê muito rápido, ou sequer leu.

Se trata de um jogo político: Alexandre assim inviabiliza apresentar tantas alterações referente ao primeiro pois são inúmeros candidatos, e mesmo que o PL tenha esses dados analíticos técnicos, o partido teria que por em cheque a eleição de 91 parlamentares da direita. 

Como ficaria o partido ? Os deputados e senadores eleitos iriam aceitar ir pra rua pedir voto de novo ? Ou seria a questão de " o pirão é pouco o meu primeiro" ?

Primeiro que eu duvido que isso prospere. O Brasil ja esta dominado. É a ditadura da toga,  Ó Deus por que não fizeram a Lava Toga em 2019 ? , segundo acredito que os deputados e senadores eleitos vão lamentar o Lula como presidente, mas vão  se agarrar nas suas conquistas. 

Quero eu estar errado. Sempre quis, mas não acredito em uma reviravolta que cancele as eleições muito menos numa " intervenção". Acredito que o Lula assume em Janeiro e que o Exército vai prestar continência pra ele.

Mais fácil o Juízo Final começar daqui um mês.

Mas quero estar errado, vou comemorar se estiver.

Ah... ja ia esquecendo, tem uns "esquerdinha" me acompanhando, lembro-lhes que o Google está à disposição para estudarem a diferença entre Notícia e opinião/ comentário.   

Fake News é a vózinha.