Douglas B. Camargo

Historiador, raro caso de historiador de Direita, Cristão. Colunista.

O " Revogaço" de Lula sobre o acesso da população às armas de fogo.

O esquerdista prepara a suspensão dos decretos de Bolsonaro que facilitavam aos cidadãos a compra de armas, para a surpresa de zero pessoas, até o momento não há menção de uma politica pública de combate as facções criminosas.

O " Revogaço"  de Lula sobre o acesso da população às armas de fogo.

Lula acena que a partir  de janeiro de 2023  esta pronto para anular 42 atos do atual Presidente, Jair Messias Bolsonaro,  que facilitavam a compra de armas pela população.  Para a surpresa de zero pessoas, Lula continua  ignorando a queda vertiginosa de quase 20 mil homicídios justamente como efeito da politica de acesso à armento ao cidadão de bem,  juntamente com forte combate ao crime organizado. 

Nada que cause estranheza uma vez que o maior líder de facção criminosa do Brasil, Marcola, apontou que para o crime organizado, seria melhor que Lula vencesse as eleições.

Não que uma medida autoritária de Lula ponha um ponto final na questão, o Referendo sobre a Proibição da aquisição das armas de fogo, de 2005, deixou clara a vontade da população, ainda assim, Lula decidiu contra o desejo da maioria, naquela época. 

A bancada da segurança pública no parlamento, também conhecida como bancada da bala, promete infernizar os atos de cancelamento a respeito do cerceamento do direito de auto defesa dos brasileiros. espera-se por vetos aos decretos de Lula, o camarada do CPX.