Lorran Barentin

Herdeiro da Lenha na Fogueira e diretor do Jornal Razão. "Jornalismo é publicar aquilo que alguém não quer que se publique. Todo o resto é publicidade".

“Pedra mole em pedra dura tanto bate até que fura”

Sessão da Câmara de Tijucas sempre tem dessas

“Pedra mole em pedra dura tanto bate até que fura”

A digníssima Câmara de Vereadores de Tijucas tradicionalmente é, por si só, de trincar os grãos.

Nesta segunda-feira, não podia ser diferente. Nosso amigo Paulo Frango ressaltou aquele ditado popular: “pedra mole em pedra dura tanto bate até que fura”.

Em resposta, o Vereador Ezequiel de Amorim garantiu: “aquela rua tem um poblema e vai ser largada até onde eu sei, mas já tá na cardineta do Helinho”.

A causa é nobre. Trata-se do pedido de uma simples obra, já solicitada 4x na Câmara de Vereadores apenas nesta legislatura, por três vereadores diferentes.

Três deles, inclusive, são da bancada situacionista. Acontece que esse pedido já é feito desde 2019. Até o Eloi Geraldo já pediu.

Tomara que, com tanta “pedrada mole em água dura”, a Servidão Isaias Nunes finalmente receba tubulação e seja pavimentada.