31/10/2017 às 09h09 - Atualizado em 08/11/2017 às 18h44

O mais antigo servidor público de Tijucas

 

Também conhecido como Dia do Funcionário Público, esta data não é um feriado nacional, mas sim um ponto facultativo, ou seja, os profissionais do serviço público não são obrigados a gozar de folga. Estamos falando do dia 28 de outubro consagrado a servidores públicos de todas as esferas e poderes.

A data celebra o profissional que trabalha nas mais variadas áreas do Poder Público, seja em hospitais, escolas, escritórios e demais repartições. Existem três principais tipos de servidores públicos: municipal, estadual e federal.

Os servidores municipais pertencem à Prefeitura de uma cidade, os estaduais ao Governo de um estado e os federais são subordinados à União da República. Os salários dos servidores públicos são pagos com o dinheiro dos Cofres Públicos, resultantes do pagamento de impostos sobre tudo o que você ganha, compra e contrata. O País é um dos que mais recolhe tributos da população, o que nos faz ter uma pesada carga tributária. Ser servidor público é sinal de estabilidade financeira para muitas pessoas, pois não podem ser dispensados facilmente de seus cargos depois de consolidado o período de estágio probatório.

Para entrar no serviço público, normalmente, o cidadão deve participar de um concurso público ou processo seletivo e ser aprovado. Através de concurso ele ganha estabilidade vitalícia. Nos processos seletivos geralmente ele é um ACT (Admitido em Caráter Temporário). Também há os cargos eletivos e os comissionados. Neste último caso ele é indicado como pessoa de confiança do prefeito, governador ou presidente, podendo ser exonerado a qualquer momento.

No Brasil ainda se comemora o Dia do Funcionário Público Aposentado, em 17 de junho.

Origem da data

O Dia do Servidor Público surgiu através do Conselho Federal do Serviço Público Civil, homenageando a criação das leis que regem os direitos e deveres da classe - Decreto Lei nº 1.713, de 28 de outubro de 1939.

O que motivou a criação da data pelo conselho, em parte, foi a fundação do Departamento Administrativo do Serviço Público do Brasil, em 1938.

Na maioria dos estados e municípios brasileiros, o Dia do Servidor Público é considerado facultativo para os profissionais da área.

A referência na informática

Elisiário iniciou suas atividades profissionais na localidade rural de Oliveira, atuando como instrutor de fumo naquela região. Aos 26 anos, a pedido da comunidade, foi convidado pelo Dr. Lauro Vieira de Brito para trabalhar na área da Educação, permanecendo como professor e diretor da Escola José Feller, que na época foi fundida com a Escola Ângela Visintainer Peixer, até o fim do mandato do ex-prefeito e nos outros seis de Nilton José Fagundes, o Gordo.

Em 1989 Binho Barreto assumiu a Prefeitura e trouxe Elisiário para trabalhar na Administração. Foi nessa época que se adquiriu o primeiro computador do Poder Público, que hoje, na avaliação dele, possui mais de 500 aparelhos, espalhados por escolas, creches, postos de saúde, secretarias e outras autarquias.

“Eu não era nenhum especialista, mas com o tempo fui criando intimidade com a computação e acabei me envolvendo bastante com esse setor”, relata.

A entrevista na TV Razão é muito importante, pois o homenageado faz uma interessante avaliação sobre o período de desenvolvimento da tecnologia da informação também nas gestões de Nilton de Brito, Carlos Humberto Ternes, Uilson Sgrott, Elmis Mannrich, Valério Tomazi e Professor Elói.

Mensagem aos colegas

Elisiário Hoffmann envia um fraternal abraço e parabeniza todo o funcionalismo público do Vale do Rio Tijucas e Costa Esmeralda, deixando a seguinte mensagem:

“O grande segredo do convívio harmonioso é você cuidar bem da sua função e procurar produzir o máximo que puder. Assim nunca haverá alguém para reclamar, criticar ou lhe prejudicar. Atenda bem as pessoas, tanto os companheiros de trabalho como as pessoas da comunidade, afinal de contas são eles que pagam o nosso salário”.

 

LORRAN FRANÇOIS BARENTIN/JR