15/11/2017 às 15h15 - Atualizado em 15/11/2017 às 15h39

Tatuador que baleou e deixou jovem de 15 anos tetraplégica é preso em Tijucas

Um indivíduo acusado e condenado pela morte de uma jovem em Campo Largo, foi preso pela Polícia por volta das 16h30min desta segunda-feira (13), na Avenida Jacob Lameu Tavares, no Centro de Tijucas.

Num trabalho qualificado do DIEP (Departamento de Inteligência do Estado do Paraná) com o apoio de policiais de Santa Catarina, foi possível executar a prisão de Ricardo Hamilton da Silva, de 31 anos, com Mandado de Prisão expedido pela Vara Criminal de Campo Largo, condenado a 11 anos de prisão por crime de homicídio.

O crime, acontecido na madrugada do dia cinco de julho de 2008, chocou a opinião pública, principalmente porque foi perpetrado sem motivo, e uma jovem inocente acabou sendo gravemente atingida.

Marina Bubniak estava no interior do Voyage placas ABR-5789 voltando de uma festa em companhia de amigos. O autor do crime, portando um revólver calibre 38, na garupa de uma motocicleta, atirou através do vidro traseiro do veículo, atingindo a coluna cervical da moça. Ela ficou internada por um ano e quatro meses, mas faleceu no dia 25 de novembro de 2009 no Hospital Nossa Senhora do Rocio.

Ricardinho residia no Loteamento Jardim Progresso e estava trabalhando como tatuador na cidade.