15202912083430.png
Capa

EDIÇÃO IMPRESSA


ECONOMIA

Desenvolvimento de Porto Belo é destaque em Santa Catarina

O desenvolvimento de Porto Belo vem chamando a atenção de quem lembra que, há poucos anos, o local era conhecido apenas como uma cidade de passagem. O município recebeu melhorias importantes na infraestrutura e comemorou a chegada de novas empresas, que culminaram em novos postos de trabalho, aliado ao crescimento da construção civil e do desenvolvimento imobiliário.

Somadas às conquistas em diferentes setores está a arrecadação municipal, que cresce junto com a economia da cidade. O Governo Municipal arrecadava no ano de 2017 pouco mais de R$17 milhões, em 2020, mesmo com a pandemia gerada pelo coronavírus, arrecadou mais de R$32 milhões e de janeiro a julho de 2021, ultrapassou os R$ 29 milhões. O valor arrecadado retorna anualmente ao município em educação, saúde e infraestrutura.

O prefeito de Porto Belo Emerson Stein comemora o desenvolvimento da cidade, que contribui para a qualidade de vida da população. "Ficamos felizes em poder acompanhar tão de perto este crescimento. O aumento da arrecadação nos possibilita aumentar e melhorar os investimentos em áreas como educação e saúde e ainda podem ser realizadas inúmeras obras de infraestrutura, pagas com recursos próprios, o que soma à qualidade de vida da população" - explica. Emerson Stein e o vice-prefeito professor Elias Cabral tem trabalhado à frente da Gestão para desburocratizar serviços públicos, o que contribui com a chegada de novos investimentos, tornando o Município atraente para grandes empresas.

Mais emprego

A chegada de novos empreendimentos, sejam empresariais ou imobiliários, contribui principalmente com a geração de empregos. Porto Belo contava com 1.401 empresas abertas em 2017, responsáveis pela geração de 5.746 empregos formais no município, e as empresas de micro e pequeno porte representavam 99,3% dos estabelecimentos presentes. O levantamento também identificou que 3,7% dos estabelecimentos estão ligados a agropecuária, 19,6% à indústria, 37,3% ao comércio e 39,5% são do setor de prestação de serviços. O setor de prestação de serviços é o que mais emprega no município totalizando 36,2% das empresas.

Desenvolvimento da Construção Civil

Os apartamentos localizados em Porto Belo e lançados entre 2008 e 2018 apresentaram 95% de absorção, a maior taxa da Costa Esmeralda. Estima-se que as cidades da região passarão de 25,8% de domicílios verticais em 2018 para 29,1% em 2040.

A Secretaria de Planejamento Urbano de Porto Belo tem acompanhado e atuado diretamente no desenvolvimento da construção civil e consequentemente, no desenvolvimento do setor imobiliário. Dados demonstram que o setor já aumentou desde o ano passado. No ano de 2020, foram emitidos 131 alvarás de construção, sendo que até o momento em 2021, o Município já emitiu 100 alvarás. Em relação aos alvarás de regularização, no ano de 2020 foram emitidos um total de 42 e no ano de 2021, até o mês de setembro, foram emitidos 37.

Destaque também no turismo

A navegação de navios turísticos em águas brasileiras ainda está suspensa por conta da pandemia e ainda assim, o Governo Municipal através da Fundação de Turismo e Desenvolvimento Econômico tem atuado para deixar os equipamentos prontos para a chegada da temporada de verão. O desenvolvimento da cidade e sobretudo as melhorias em infraestrutura, como equipamentos turísticos e revitalização de avenidas e ruas, tornam Porto Belo um destino turístico ainda mais desejado.

Considerando a organização e os cuidados com a saúde estabelecidos junto ao trade turístico, o Município recebeu no mês de junho o selo turístico internacional "Safe Travels", que identifica os destinos que adotam protocolos globais de saúde e higiene contra o coronavírus e reconhece Porto Belo como "Destino Turístico Seguro".

Em relação à escolha de Porto Belo como destino turístico, dados dão conta de que o Município aparece entre os dois mais procurados em Santa Catarina através da plataforma de hospedagem Airbnb. Em relação ao Brasil, os destinos mais procurados são Cunha - SP, Itatiaia - RJ, Mata de São João - BA, Torres - RS, Camanducais - MG, Imbituba - SC, Porto Belo - SC, Itacaré - BA, Pirenópolis -GO, Ilhabela - SP. Em Santa Catarina, apenas Porto Belo e Imbituba são citados na pesquisa, sendo Porto Belo com 20 mil habitantes e Imbituba com 45 mil habitantes.








ULTIMAS NOTÍCIAS

jr.png

| | insta |

Quem somos | Mapa do site | Webmail | Painel de controle

Copyright © 2017 Jornal Razão - Tijucas SC
Todos os direitos reservados.


Whatsapp
(48) 8453-0809


EDIÇÃO IMPRESSA

Sexta, 01 de setembro

Capa