15202912083430.png

POLÍCIA

Cobra jararacuçu é capturada em frente de casa, no norte de SC

Uma serpente jararacuçu foi capturada em frente a uma casa em Jaraguá do Sul, no Norte catarinense. A espécie é a maior entre as venenosas da região, informou o biólogo da Fundação Jaraguaense de Meio Ambiente (Fujama) Christian Raboch.

A cobra foi encontrada em frente a uma casa no bairro Ribeirão Cavalo, prestes a entrar, no domingo (21). Ela foi capturada pelos bombeiros voluntários da cidade. Ninguém ficou ferido. Conforme o biólogo, o animal capturado tem em torno de um metro e um quilo. Porém, a espécie, de nome científico Bothrops jararacussu, pode chegar a 1,8 metro e pesar entre 3 e 4 quilos. O biólogo especialista em répteis da Universidade Regional de Blumenau (Furb) Alex Giordano Bergmann também confirmou que a espécie é a maior entre as venenosas que habitam o Norte do estado.

Após ser capturada, a cobra foi levado ao Fujama. Ela deve ser solta nesta quinta-feira (25). O biólogo explicou que, por ser uma serpente venenosa, o animal precisará ser levado para um lugar mais longe, afastado da área urbana da cidade.
Raboch disse que essa espécie não é resgatada com frequência, pois não costuma ser encontrada em áreas residenciais. Geralmente, essa cobra fica em espaços próximos a água e que tenham bastante alimento para ela, como ratos.
O biólogo orientou que, para evitar cobras em áreas residenciais, as pessoas devem evitar entulhos e outras situações que possam atrair ratos, que servem de alimento para esses répteis.

Continue lendo






ULTIMAS NOTÍCIAS

16121836959090.png
Capa
EDIÇÃO IMPRESSA
Ler agora!
jr.png

| | insta

Quem somos | Mapa do site | Webmail | Painel de controle

Copyright © 2017 Jornal Razão - Tijucas SC
Todos os direitos reservados.


Whatsapp
(48) 8453-0809


EDIÇÃO IMPRESSA

Sexta, 01 de setembro

Capa