15202912083430.png

SAÚDE

Marido denuncia descaso com esposa grávida de gêmeos no Hospital de Itapema

Foto: Divulgação/PMI

Uma moradora de Itapema grávida de gêmeos, com contrações, precisou esperar por mais de duas horas para ser atendida no Hospital Santo Antônio. O caso aconteceu no mês passado, mas somente agora a família procurou a imprensa.

André da Rosa, de 29 anos, relatou que sua esposa Cléo Viana, com gravidez de risco e já com contrações que indicavam o momento do parto, passou mais de duas horas deitada em uma maca aguardando atendimento. Quando foi atendida, o médico disse que era necessário que a gestante fosse transferida para outra unidade hospitalar, já que o Hospital Santo Antônio não possui estrutura adequada para que ela pudesse dar à luz em segurança.

A família precisou se deslocar até o Hospital Ruth Cardoso, em Balneário Camboriú, mas a mulher não pode ser hospitalizada pois não havia autorização adequada do médico de Itapema.

"Qualquer pessoa fica impotente, depois de uma romaria para salvar minha esposa e meus filhos, ela deu à luz no Hospital Marieta de Itajaí. Minha esposa, gestante de risco e de gêmeos ao ser postos aos cuidados de saúde de Itapema, sofreram uma tentativa de homicídio", afirma o pai dos bebês.

Frente ao descaso, por orientação jurídica André registrou um boletim de ocorrência na delegacia. "Nossa saúde não pode continuar com essas violações à dignidade humana em Itapema".

O morador de Itapema questionou ainda sobre a promessa da gestão atual de que seria construída um novo hospital e maternidade municipal, com a melhor estrutura para atender aos pacientes.

"Eu, como todos os cidadãos de Itapema, tenho o direito de saber quais foram os motivos que levou o Ministério Público pedir para na Justiça a cassação da licitação de um hospital? Obra fundamental para melhorar nossa infraestrutura e qualidade na saúde pública, outro ponto curvo é a falta de esclarecimentos sobre os motivos da obra parada, nós cidadãos temos o direito de saber quando começa a obra do hospital".

Cléo e os bebês passam bem e estão em casa, mas o pai se revoltou com a situação, que, segundo ele, fere um dos direitos básicos dos cidadãos, que é a saúde.

André havia publicado um vídeo em suas redes sociais, de dentro do Hospital Santo Antônio, enquanto aguardavam por atendimento no último dia 21 de outubro. Ele decidiu procurar a imprensa após tomar conhecimento de outro descaso, ocorrido na última sexta-feira (26).

Também morador de Itapema, Charles Couto dos Santos relatou em suas redes sociais que teve de aguardar por 3h30 para que a esposa fosse atendida no Hospital Santo Antônio. Ela passou mal e chegou à unidade hospitalar com os batimentos cardíacos a 118.

Enquanto esperava na fila, o casal viu uma criança com 38,5 graus de febre também esperar por muito tempo para ser atendida. Segundo Charles, o que os cidadãos passam ao buscar atendimento no hospital municipal é uma humilhação.

Há menos de um mês o Jornal Razão publicou uma reportagem sobre a situação da construção do novo hospital municipal de Itapema. As obras estão paralisadas e sem previsão para reiniciarem.

Cadê o hospital? Saúde de Itapema pede socorro

AVISO: Espaço livre! Para comentários realizados através de terceiros, o jornal se baseia na Lei 2.126/2011 (Marco Civíl da Internet) e dá garantia a liberdade de expressão, comunicação e manifestação de pensamento, nos termos da Constituição. O jornal não se responsabiliza por comentários de terceiros

Continue lendo






ULTIMAS NOTÍCIAS

16121836959090.png
Capa
EDIÇÃO IMPRESSA
Ler agora!
jr.png

| | insta

Quem somos | Mapa do site | Webmail | Painel de controle

Copyright © 2017 Jornal Razão - Tijucas SC
Todos os direitos reservados.


Whatsapp
(48) 8453-0809


EDIÇÃO IMPRESSA

Sexta, 01 de setembro

Capa