Homem que matou ex-companheiro com chocolate envenenado é condenado em SC

A vítima era um estudante de engenharia de 21 anos de idade

Homem que matou ex-companheiro com chocolate envenenado é condenado em SC Divulgação

A vítima era um estudante de engenharia de 21 anos de idade

Participe do grupo e receba as principais notícias
da região em tempo real.

Continua depois da publicidade


O homem que matou o seu ex-namorado após o termino do relacionamento com um chocolate envenenado, foi condenado a 30 anos de prisão  em Santa Catarina. Segundo o Ministério Público de Santa Catarina (MP-SC) acusou Eduardo de homicídio triplamente qualificado, por ter sido praticado mediante dissimulação e motivo fútil. O acusado foi condenado a cumprir 30 anos de prisão em regime fechado.


O ex-companheiro morreu ao consumir o chocolate "letal" devido à intoxicação sofrida no dia 3 de janeiro de 2019 onde crime foi cometido em um bairro próximo à universidade na Carvoeira, em Florianópolis.  O juízo do Tribunal do Júri da Comarca da Capital negou ao condenado o direito de recorrer em liberdade.





Siga-nos no Google News

CLIQUE PARA CONTINUAR A LEITURA