Bolsonaro propõe zerar impostos federais de combustíveis

Em uma coletiva de imprensa nesta segunda-feira (6/6), o presidente Jair Bolsonaro (PL) anunciou as medidas para diminuir o preço dos combustíveis

Bolsonaro propõe zerar impostos federais de combustíveis Marcelo Camargo/Agência Brasil

Em uma coletiva de imprensa nesta segunda-feira (6/6), o presidente Jair Bolsonaro (PL) anunciou as medidas para diminuir o preço dos combustíveis

Participe do grupo e receba as principais notícias
da região em tempo real.

PUBLICIDADE UVEL 01

O presidente Jair Bolsonaro (PL) anunciou, nesta segunda-feira (6/6), em coletiva de imprensa no Palácio do Planalto, uma proposta do governo federal de zerar os tributos federais da gasolina e etanol.

Além disso, ele também informou que propõe aos governadores zerar o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) do diesel e gás de cozinha, com ressarcimento do valor perdido.

“A Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei Complementar, que está no Senado, para redução de impostos para essencialidade que tem a ver com combustíveis, energia elétrica, comunicações e transporte. Fixa num teto máximo o ICMS disso em 17%”, disse Bolsonaro.

PUBLICIDADE

topsul

TV Razão

Conversa Franca com Gean Loureiro
Conversa Franca

Prefeito de Tijucas participa do Conversa Franca

Assista agora!

O presidente continuou: “o governo federal resolveu avançar nessa diminuição da carga tributária para os brasileiros. No tocante ao diesel, nós já zeramos o imposto federal do mesmo, que é o PIS e CONFINS, e estamos propondo aos governadores em 17% que fica para eles, em uma vez aprovado o PLC, nós do governo federal zerarmos o ICMS do diesel e nós pagaríamos os governadores o que deixariam de arrecadar.”

Além disso, o gás de cozinha também foi incluído.

“Nós zeramos o imposto federal desde o ano passado e, desde que seus governadores entendam que possam zerar o ICMS, o governo federal ressarcirá o que eles deixariam de arrecadar”, garantiu.


O presidente Jair Bolsonaro (PL) anunciou, nesta segunda-feira (6/6), em coletiva de imprensa no Palácio do Planalto, uma proposta do governo federal de zerar os tributos federais da gasolina e etanol.

Além disso, ele também informou que propõe aos governadores zerar o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) do diesel e gás de cozinha, com ressarcimento do valor perdido.

TV Razão

Prefeito de Tijucas participa do Conversa Franca
Conversa Franca

Em pauta, saúde de Tijucas, destino do Hospital São José, obras na cidade e os bastidores da Administração Municipal. Assista!

Assista agora!

“A Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei Complementar, que está no Senado, para redução de impostos para essencialidade que tem a ver com combustíveis, energia elétrica, comunicações e transporte. Fixa num teto máximo o ICMS disso em 17%”, disse Bolsonaro.

O presidente continuou: “o governo federal resolveu avançar nessa diminuição da carga tributária para os brasileiros. No tocante ao diesel, nós já zeramos o imposto federal do mesmo, que é o PIS e CONFINS, e estamos propondo aos governadores em 17% que fica para eles, em uma vez aprovado o PLC, nós do governo federal zerarmos o ICMS do diesel e nós pagaríamos os governadores o que deixariam de arrecadar.”

Além disso, o gás de cozinha também foi incluído.

“Nós zeramos o imposto federal desde o ano passado e, desde que seus governadores entendam que possam zerar o ICMS, o governo federal ressarcirá o que eles deixariam de arrecadar”, garantiu.


Siga-nos no Google News

CLIQUE PARA CONTINUAR A LEITURA

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

FÁCILVEL