Suspeitos de contaminação por varíola dos macacos devem fazer sexo vestidos

Entre as orientações, está para que as pessoas com suspeita evitem o beijo

Suspeitos de contaminação por varíola dos macacos devem fazer sexo vestidos Acervo / Jornal Razão

Entre as orientações, está para que as pessoas com suspeita evitem o beijo

Participe do grupo e receba as principais notícias
da região em tempo real.

PUBLICIDADE GISLAINE QUADRADO ROYAL

A Agência de Saúde Pública Federal dos Estados Unidos passou orientações para que pessoas com a doença ou suspeita de infecção da varíola dos macacos evitem o contágio durante relações sexuais.

Entre as orientações, está para que as pessoas com suspeita evitem o beijo ou que façam sexo vestidos.

De acordo com o portal Extra, os artigos com as dicas se chama “fatos sobre a varíola para pessoas sexualmente ativas” e “reuniões sociais, sexo seguro e varíola” e têm orientações para a vida íntima dos americanos, conta a reportagem do “Boston Herald”

PUBLICIDADE

gislaine devitte

TV Razão

Maickon Sgrott - Presidente da Câmara de Tijucas  no Conversa Franca
Conversa Franca

Maickon Sgrott - Presidente da Câmara de Tijucas no Conversa Franca

Assista

De acordo com o órgão a melhor opção é o distanciamento social. “Façam sexo virtual sem contato pessoal […] se a pessoa não abrir mão do “sexo presencial, considere fazer isso vestido”. Em último caso, a orientação é colocar panos sobre as áreas com feridas.

*Com informações do portal Extra



A Agência de Saúde Pública Federal dos Estados Unidos passou orientações para que pessoas com a doença ou suspeita de infecção da varíola dos macacos evitem o contágio durante relações sexuais.

Entre as orientações, está para que as pessoas com suspeita evitem o beijo ou que façam sexo vestidos.

TV Razão

Maickon Sgrott - Presidente da Câmara de Tijucas  no Conversa Franca
Conversa Franca

Maickon Sgrott - Presidente da Câmara de Tijucas no Conversa Franca

Assista

De acordo com o portal Extra, os artigos com as dicas se chama “fatos sobre a varíola para pessoas sexualmente ativas” e “reuniões sociais, sexo seguro e varíola” e têm orientações para a vida íntima dos americanos, conta a reportagem do “Boston Herald”

De acordo com o órgão a melhor opção é o distanciamento social. “Façam sexo virtual sem contato pessoal […] se a pessoa não abrir mão do “sexo presencial, considere fazer isso vestido”. Em último caso, a orientação é colocar panos sobre as áreas com feridas.

*Com informações do portal Extra



Siga-nos no Google News

CLIQUE PARA CONTINUAR A LEITURA

Trevisul 02
Trevisul 02

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

BEIRA RIO