PT afirma ter reunido 40 mil apoiadores de Lula em Florianópolis

Discurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em Floripa aconteceu neste domingo, 18. Ele chegou a afirmar que reuniu mais apoiadores em SC do que Bolsonaro

PT afirma ter reunido 40 mil apoiadores de Lula em Florianópolis Reprodução / Décio Lima / Redes sociais

Discurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em Floripa aconteceu neste domingo, 18. Ele chegou a afirmar que reuniu mais apoiadores em SC do que Bolsonaro

Participe do grupo e receba as principais notícias
da região em tempo real.

Continua depois da publicidade
wk

Neste domingo o Partido dos Trabalhadores se lançou no principal reduto bolsonarista do Brasil. Santa Catarina é o estado com a maior rejeição ao ex-presidente Lula e já registrou inúmeras manifestações em seu desfavor.

No sábado, por exemplo, Itapema literalmente parou. Isso porque apoiadores de Bolsonaro realizaram uma grande carreata pela cidade. 

A expectativa inicial de público, segundo os organizadores do evento, era de aproximadamente 20 mil pessoas. Ainda não há informações oficiais por parte de órgãos confiáveis como a Polícia Militar apontando o real número de pessoas. Entretanto, o PT afirmou nas redes sociais que reuniu mais de 40 mil pessoas em apoio ao ex-presidente Lula em Florianópolis. 

Décio Lima, candidato do PT em SC para o cargo de Governador, destacou que o encontro se trata de um evento histórico. "Maior do que as Diretas Já", disse o político. 

Apesar de ser candidato ao Governo do Estado, Décio não aproveitou a oportunidade para conquistar votos para si. Ao contrário, focou seus esforços em defender a imagem de Lula, a quem classificou como sendo o "Martin Luther King" Brasileiro (clique para ler). 


O discurso da também ex-presidente Dilma Rouselff foi marcado por desmaios. Isso porque duas pessoas da plateia literalmente desmaiaram enquanto ela discursava e precisaram ser socorridas, interrompendo seu pronunciamento. 

CLIQUE PARA LER: Petistas desmaiam enquanto Dilma discursava em Florianópolis


O PT apostou em trazer jovens para o palanque. Um rapaz e uma menina discursaram em favor de pautas progressistas, principalmente em defesa de programas de financiamento educacional. 

O clima esquentou e Lula pediu um boné para a organização do evento. Lhe foi dado um boné preto e ele não gostou. Foi aí que decidiu pedir o boné de um apoiador.

CLIQUE PARA LER: Lula interrompe discurso para pedir boné de apoiador


Na sequência, Lula disse que o Brasil tem um presidente que “mente 7 vezes por dia” e pediu aos apoiadores que nos próximos dias desafiassem os bolsonaristas a mostrarem “uma obra que ele (Bolsonaro) fez em Santa Catarina.

Lula também criticou o aumento repentino da destinação de recursos através de programas de auxílio emergencial à população.

“Se as eleições demorarem mais, ele vai oferecer o prédio do Tribunal de Contas para o Minha Casa Minha Vida”, disse Lula.

O candidato à Presidência do Brasil prometeu “devolver ao povo o direito de almoçar, jantar e tomar café” e acabar com a ideia de que “pobre não gosta de coisa boa”, e finalizou o discurso dizendo que precisou vir a Santa Catarina porque não acredita que SC seja "estado do Bolsonaro". 

Siga-nos no Google News

CLIQUE PARA CONTINUAR A LEITURA

wk
wk

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

auto mega