URGENTE: Moraes rebate PL e dá 24h para apresentar falhas de urnas no 1° turno

Menos de 15 minutos após PL pedir anulação de urnas e dizer que Bolsonaro foi eleito com 51% dos votos, TSE se pronunciou e determinou urgência para que o Partido Liberal apresente falhas também no 1° turno

URGENTE: Moraes rebate PL e dá 24h para apresentar falhas de urnas no 1° turno Reprodução / Redes Sociais

Menos de 15 minutos após PL pedir anulação de urnas e dizer que Bolsonaro foi eleito com 51% dos votos, TSE se pronunciou e determinou urgência para que o Partido Liberal apresente falhas também no 1° turno

Participe do grupo e receba as principais notícias
da região em tempo real.

Continua depois da publicidade

Alexandre de Moraes deu prazo de 24 horas para PL inserir falhas de urnas também no primeiro turno das eleições.

"As urnas eletrônicas apontadas na petição inicial foram utilizadas tanto no primeiro turno, quanto no segundo turno das eleições de 2022", afirmou o ministro. "Assim, sob pena de indeferimento da inicial, deve a autora aditar a petição inicial para que o pedido abranja ambos os turnos das eleições, no prazo de 24 (vinte e quatro) horas", determinou o Ministro do Tribunal Superior Eleitoral. 

O presidente do PL, Valdemar Costa Neto, afirmou que a representação do Partido Liberal e de Bolsonaro "não expressa a opinião do Partido Liberal" e que seu estudo "foi feito por especialistas graduados em uma das universidades mais renomadas do mundo". 

Valdemar também diz que é preciso ser feito toda a apuração "de forma que seja resguardada a integridade do processo eleitoral". 

Siga-nos no Google News

CLIQUE PARA CONTINUAR A LEITURA