Alesc aprova projeto de lei que implementa tecnologia 5G em SC

O projeto de lei prevê o incentivo à atualização das legislações locais

Alesc aprova projeto de lei que implementa tecnologia 5G em SC pixabay

O projeto de lei prevê o incentivo à atualização das legislações locais

Participe do grupo e receba as principais notícias
da região em tempo real.

PUBLICIDADE mg tec

A Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) aprovou nesta quarta-feira (8), o projeto de lei que institui o Programa de Estímulo à Implantação das Tecnologias de Conectividade Móvel no Estado. O objetivo é viabilizar a implantação do 5G nas cidades catarinenses.

O projeto de lei prevê o incentivo à atualização das legislações locais e a indicação do texto base que serve de exemplo para os municípios aprovem a lei necessária sobre ocupação e uso do solo pelas torres e postes de suporte para as antenas. O texto segue agora para sanção do governador Carlos Moisés.

A data de chegada da quinta geração de internet móvel em Florianópolis estava prevista para 31 de julho, mas foi adiada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para 29 de setembro.

PUBLICIDADE

Automega

TV Razão

Conversa Franca com Gean Loureiro
Conversa Franca

Prefeito de Tijucas participa do Conversa Franca

Assista agora!

Lei para instalação do 5G

O investimento para instalar o sistema de 5G é grande, já que a tecnologia exige um número de antenas até 10 vezes maior do que o que existe no país hoje. Isso porque há um aumento do volume de dados que será transmitido com o passar do tempo.

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) determina que as capitais brasileiras precisam oferecer, no mínimo, uma antena para cada 100 mil habitantes.

Para que isso seja possível, os municípios precisam adequar a Lei Geral de Antenas (13.116/2015), permitindo a instalação de mais antenas no espaço público. A lei que precisa ser aprovada, envolve questões de licenciamento urbanístico e ambiental e investimentos do setor. Somente após criação desta legislação, estarão aptos para receber a tecnologia.

Fonte: NSC Total

A Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) aprovou nesta quarta-feira (8), o projeto de lei que institui o Programa de Estímulo à Implantação das Tecnologias de Conectividade Móvel no Estado. O objetivo é viabilizar a implantação do 5G nas cidades catarinenses.

O projeto de lei prevê o incentivo à atualização das legislações locais e a indicação do texto base que serve de exemplo para os municípios aprovem a lei necessária sobre ocupação e uso do solo pelas torres e postes de suporte para as antenas. O texto segue agora para sanção do governador Carlos Moisés.

TV Razão

Prefeito de Tijucas participa do Conversa Franca
Conversa Franca

Em pauta, saúde de Tijucas, destino do Hospital São José, obras na cidade e os bastidores da Administração Municipal. Assista!

Assista agora!

A data de chegada da quinta geração de internet móvel em Florianópolis estava prevista para 31 de julho, mas foi adiada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para 29 de setembro.

Lei para instalação do 5G

O investimento para instalar o sistema de 5G é grande, já que a tecnologia exige um número de antenas até 10 vezes maior do que o que existe no país hoje. Isso porque há um aumento do volume de dados que será transmitido com o passar do tempo.

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) determina que as capitais brasileiras precisam oferecer, no mínimo, uma antena para cada 100 mil habitantes.

Para que isso seja possível, os municípios precisam adequar a Lei Geral de Antenas (13.116/2015), permitindo a instalação de mais antenas no espaço público. A lei que precisa ser aprovada, envolve questões de licenciamento urbanístico e ambiental e investimentos do setor. Somente após criação desta legislação, estarão aptos para receber a tecnologia.

Fonte: NSC Total

Siga-nos no Google News

CLIQUE PARA CONTINUAR A LEITURA

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

mg