Aluno que espancou professor com vassouradas em SC é internado

Na época o professor informou que não tinha nenhuma desavença com os adolecentes

Aluno que espancou professor com vassouradas em SC é internado Divulgação

Na época o professor informou que não tinha nenhuma desavença com os adolecentes

Participe do grupo e receba as principais notícias
da região em tempo real.

PUBLICIDADE uvel


Um dos adolescentes que agrediu um professor de Filosofia da escola de Educação Básica Paulina Gaya, no bairro São Domingos, em Navegantes, no início do mês de junho, foi internado provisoriamente nesta semana. Ele, que era aluno da escola, e outro adolescente, que não estudava na escola, entraram na sala de aula com uma vassoura e agrediram o professor.

A internação do menor é provisória e segue as regras do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). O aluno foi internado por 45 dias e pode ter a internação prorrogada pelo mesmo período.

PUBLICIDADE

mg

TV Razão

Conversa Franca com Gean Loureiro
Conversa Franca

Prefeito de Tijucas participa do Conversa Franca

Assista agora!

Na época o professor informou que não tinha nenhuma desavença com os adolecentes e não sabia o motivo das agressões. Ele sofreu lesões na cabeça e uma possível fratura na mão direita.




Um dos adolescentes que agrediu um professor de Filosofia da escola de Educação Básica Paulina Gaya, no bairro São Domingos, em Navegantes, no início do mês de junho, foi internado provisoriamente nesta semana. Ele, que era aluno da escola, e outro adolescente, que não estudava na escola, entraram na sala de aula com uma vassoura e agrediram o professor.

TV Razão

Prefeito de Tijucas participa do Conversa Franca
Conversa Franca

Em pauta, saúde de Tijucas, destino do Hospital São José, obras na cidade e os bastidores da Administração Municipal. Assista!

Assista agora!

A internação do menor é provisória e segue as regras do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). O aluno foi internado por 45 dias e pode ter a internação prorrogada pelo mesmo período.

Na época o professor informou que não tinha nenhuma desavença com os adolecentes e não sabia o motivo das agressões. Ele sofreu lesões na cabeça e uma possível fratura na mão direita.



Siga-nos no Google News

CLIQUE PARA CONTINUAR A LEITURA

FÁCILVEL
FÁCILVEL

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

MANECAR