Idosa de 61 anos sofre agressões frequentes de filhas em SC

Vizinha informou que as agressões de maus-tratos sempre têm ocorrido

Idosa de 61 anos sofre agressões frequentes de filhas em SC Divulgação

Vizinha informou que as agressões de maus-tratos sempre têm ocorrido

Participe do grupo e receba as principais notícias
da região em tempo real.

PUBLICIDADE Posto


Na manhã do último domingo (10) a Polícia Militar de Itajaí foi acionada para uma ocorrência de lesão corporal e maus-tratos contra uma idosa de 61 anos. A residência da idosa é localizada rua José Agripino Corbetta, no bairro Fazenda.

Chegando ao local os policiais encontraram a idosa bastante nervosa e com lesões leves no braço e pescoço. E afirmou que as autoras da agresão são as próprias filhas. A família mora no mesmo terreno, em residências separadas.

PUBLICIDADE

Scopel Salas

TV Razão

Em pauta, saúde de Tijucas, destino do Hospital São José, obras na cidade e os bastidores da Administração Municipal. Assista!
Conversa Franca

Em pauta, saúde de Tijucas, destino do Hospital São José, obras na cidade e os bastidores da Administração Municipal. Assista!

Assista Agora

As filhas alegam que a casa pertencem as mesmas, por ser herança do pai. A idosa afirma que a casa pertence a ela pois ainda está viva. Diante dos fatos, as duas autoras de 33 e 36 anos, foram conduzidas à Central de Plantão Policial para os devidos procedimentos  cabíveis.


Na manhã do último domingo (10) a Polícia Militar de Itajaí foi acionada para uma ocorrência de lesão corporal e maus-tratos contra uma idosa de 61 anos. A residência da idosa é localizada rua José Agripino Corbetta, no bairro Fazenda.

TV Razão

Em pauta, saúde de Tijucas, destino do Hospital São José, obras na cidade e os bastidores da Administração Municipal. Assista!
Conversa Franca

Em pauta, saúde de Tijucas, destino do Hospital São José, obras na cidade e os bastidores da Administração Municipal. Assista!

Assista Agora

Chegando ao local os policiais encontraram a idosa bastante nervosa e com lesões leves no braço e pescoço. E afirmou que as autoras da agresão são as próprias filhas. A família mora no mesmo terreno, em residências separadas.

As filhas alegam que a casa pertencem as mesmas, por ser herança do pai. A idosa afirma que a casa pertence a ela pois ainda está viva. Diante dos fatos, as duas autoras de 33 e 36 anos, foram conduzidas à Central de Plantão Policial para os devidos procedimentos  cabíveis.

Siga-nos no Google News

CLIQUE PARA CONTINUAR A LEITURA

Sicredi 01
Sicredi 01

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

topsul