Mulher que viajava o país em motorhome é encontrada morta em SC

Ivaní estava com o marido, acampada nas proximidades do rio Itajaí-Açu, onde foi encontrada

Mulher que viajava o país em motorhome é encontrada morta em SC Arquivo pessoal

Ivaní estava com o marido, acampada nas proximidades do rio Itajaí-Açu, onde foi encontrada

Participe do grupo e receba as principais notícias
da região em tempo real.

PUBLICIDADE topsul

Uma mulher de Balneário Camboriú morreu neste domingo (5), ao cair no rio Itajaí-Açu em Indaial. Ela viajava de motorhome com o marido, e tinha o objetivo de conhecer o país e depois as Américas a bordo do veículo.

Segundo os Bombeiros Voluntários, ela já estava sem vida quando o socorro chegou.

Ivaní tinha 56 anos e mantinha um canal no YouTube chamado "Motorhome Sabiá" onde compartilhava desde o início do ano as viagens que fazia com o companheiro.

PUBLICIDADE

gislaine devitte

TV Razão

Maickon Sgrott - Presidente da Câmara de Tijucas  no Conversa Franca
Conversa Franca

Maickon Sgrott - Presidente da Câmara de Tijucas no Conversa Franca

Assista

De acordo com a própria descrição do canal, a ideia nasceu da vontade de sair da zona de conforto e conhecer o Brasil e o mundo. O sonho foi interrompido neste domingo.

O acidente aconteceu por volta do meio-dia no Warnow. Segundo os bombeiros, a mulher tinha um machucado na cabeça, que pode ter sido causado pelas pedras do rio.

À Polícia Militar, o marido contou que o casal já estava pronto para voltar à estrada quando o episódio aconteceu.

O homem afirmou que editava vídeos e arrumava o motorhome no momento em que a esposa saiu. Depois de um tempo, ele foi procurá-la. Foi então que a teria encontrado desacordada, dentro do rio.

Pediu ajuda a um casal que passeava com uma criança pelo local e retirou a vítima da água. Os bombeiros foram acionados e tentaram reanimar a mulher, mas sem sucesso.

Conforme o delegado Romildo Parno, a Polícia Civil aguarda o laudo do Instituto Médico Legal sobre a causa da morte para definir se haverá necessidade de investigação.

Por ora, não se sabe o que causou o óbito. A conclusão da perícia deve ser enviada à delegacia em até 10 dias.

Ivaní era conciliadora judicial em Dourados, no Mato Grosso do Sul. O corpo será sepultado no estado de origem dela, na cidade de Rio Brilhante.

Amigos e familiares lamentam a perda

Nas redes sociais, amigos e familiares de Ivaní lamentaram a morte da mulher.

"Estou com o coração partido para comunicar oficialmente a morte de minha amiga-irmã. Vai com Deus comadre", escreveu uma amiga.

"Somos um sopro. Tá difícil de acreditar. Que Deus nos dê força e te acolha", publicou um familiar.

Fonte: NSC

Uma mulher de Balneário Camboriú morreu neste domingo (5), ao cair no rio Itajaí-Açu em Indaial. Ela viajava de motorhome com o marido, e tinha o objetivo de conhecer o país e depois as Américas a bordo do veículo.

Segundo os Bombeiros Voluntários, ela já estava sem vida quando o socorro chegou.

TV Razão

Maickon Sgrott - Presidente da Câmara de Tijucas  no Conversa Franca
Conversa Franca

Maickon Sgrott - Presidente da Câmara de Tijucas no Conversa Franca

Assista

Ivaní tinha 56 anos e mantinha um canal no YouTube chamado "Motorhome Sabiá" onde compartilhava desde o início do ano as viagens que fazia com o companheiro.

De acordo com a própria descrição do canal, a ideia nasceu da vontade de sair da zona de conforto e conhecer o Brasil e o mundo. O sonho foi interrompido neste domingo.

O acidente aconteceu por volta do meio-dia no Warnow. Segundo os bombeiros, a mulher tinha um machucado na cabeça, que pode ter sido causado pelas pedras do rio.

À Polícia Militar, o marido contou que o casal já estava pronto para voltar à estrada quando o episódio aconteceu.

O homem afirmou que editava vídeos e arrumava o motorhome no momento em que a esposa saiu. Depois de um tempo, ele foi procurá-la. Foi então que a teria encontrado desacordada, dentro do rio.

Pediu ajuda a um casal que passeava com uma criança pelo local e retirou a vítima da água. Os bombeiros foram acionados e tentaram reanimar a mulher, mas sem sucesso.

Conforme o delegado Romildo Parno, a Polícia Civil aguarda o laudo do Instituto Médico Legal sobre a causa da morte para definir se haverá necessidade de investigação.

Por ora, não se sabe o que causou o óbito. A conclusão da perícia deve ser enviada à delegacia em até 10 dias.

Ivaní era conciliadora judicial em Dourados, no Mato Grosso do Sul. O corpo será sepultado no estado de origem dela, na cidade de Rio Brilhante.

Amigos e familiares lamentam a perda

Nas redes sociais, amigos e familiares de Ivaní lamentaram a morte da mulher.

"Estou com o coração partido para comunicar oficialmente a morte de minha amiga-irmã. Vai com Deus comadre", escreveu uma amiga.

"Somos um sopro. Tá difícil de acreditar. Que Deus nos dê força e te acolha", publicou um familiar.

Fonte: NSC

Siga-nos no Google News

CLIQUE PARA CONTINUAR A LEITURA

uvel
uvel

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

topsul