Obras de túnel em baixo d'água que ligará Itajaí a Navegantes deve custar R$ 1 bilhão

A empresa que ganhar as licitações deverá complementar os estudos de implementação e viabilidade do túnel.

Obras de túnel em baixo d'água que ligará Itajaí a Navegantes deve custar R$ 1 bilhão Reprodução / Imagem ilustrativa

A empresa que ganhar as licitações deverá complementar os estudos de implementação e viabilidade do túnel.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da região em tempo real.

PUBLICIDADE Hospital São José

A Secretaria de estado da Infraestrutura irá licitar o projeto do executivo do túnel submerso que liga Itajaí e Navegantes pelo Rio Itajaí-Açu. Segundo informações da colunista Dagmara Spautz, no NSC Total, a obra deve chegar a R$1 bilhão e o edital deve ser lançado até o final de julho, junto com o dos projetos da rodovia alternativa à BR-101 e do túnel da Serra do Corvo Branco.

A empresa que ganhar as licitações deverá complementar os estudos de implementação e viabilidade do túnel.

A estimativa é que todo o processo de aprovação do empréstimo até o fim do ano. O Estado, que é responsável por autorizar a obra, fez parceria com os municípios para agilizar o andamento do projeto enquanto segue a tramitação do financiamento.

PUBLICIDADE

Scopel Salas

TV Razão

Maickon Sgrott - Presidente da Câmara de Tijucas  no Conversa Franca
Conversa Franca

Maickon Sgrott - Presidente da Câmara de Tijucas no Conversa Franca

Assista

A proposta é de um túnel pré-moldado, com três pistas em cada sentido e espaço para pedestres e ciclistas. A construção terá os custos divididos entre poder público e iniciativa privada, que vai operar o pedágio do túnel depois de pronto.

Hoje, as tarifas são estimadas entre R$ 4,50 a R$ 10. O projeto é inspirado na proposta do túnel Santos – Guarujá, que deve entrar na previsão de investimentos para a desestatização do Porto de Santos. A imagem que ilustra este post é dessa proposta.

O túnel subaquático foi escolhido como opção mais vantajosa para melhorar a mobilidade entre as duas cidades. A travessia, atualmente, só acontece por meio do ferry boat, que tem sido protagonista de diversas polêmicas nos últimos meses.

Apesar da ideia de que o túnel passe de baixo d'água surpreenda muita gente, a opção mais "tradicional", que é a ponte, acabou sendo descartada por atrapalhar o fluxo de navios para o porto.

O projeto de mobilidade urbana da Foz do Rio Itajaí, que inclui o túnel, vem sendo estudado desde 2015.

Fonte: Visor Notícias



A Secretaria de estado da Infraestrutura irá licitar o projeto do executivo do túnel submerso que liga Itajaí e Navegantes pelo Rio Itajaí-Açu. Segundo informações da colunista Dagmara Spautz, no NSC Total, a obra deve chegar a R$1 bilhão e o edital deve ser lançado até o final de julho, junto com o dos projetos da rodovia alternativa à BR-101 e do túnel da Serra do Corvo Branco.

A empresa que ganhar as licitações deverá complementar os estudos de implementação e viabilidade do túnel.

TV Razão

Maickon Sgrott - Presidente da Câmara de Tijucas  no Conversa Franca
Conversa Franca

Maickon Sgrott - Presidente da Câmara de Tijucas no Conversa Franca

Assista

A estimativa é que todo o processo de aprovação do empréstimo até o fim do ano. O Estado, que é responsável por autorizar a obra, fez parceria com os municípios para agilizar o andamento do projeto enquanto segue a tramitação do financiamento.

A proposta é de um túnel pré-moldado, com três pistas em cada sentido e espaço para pedestres e ciclistas. A construção terá os custos divididos entre poder público e iniciativa privada, que vai operar o pedágio do túnel depois de pronto.

Hoje, as tarifas são estimadas entre R$ 4,50 a R$ 10. O projeto é inspirado na proposta do túnel Santos – Guarujá, que deve entrar na previsão de investimentos para a desestatização do Porto de Santos. A imagem que ilustra este post é dessa proposta.

O túnel subaquático foi escolhido como opção mais vantajosa para melhorar a mobilidade entre as duas cidades. A travessia, atualmente, só acontece por meio do ferry boat, que tem sido protagonista de diversas polêmicas nos últimos meses.

Apesar da ideia de que o túnel passe de baixo d'água surpreenda muita gente, a opção mais "tradicional", que é a ponte, acabou sendo descartada por atrapalhar o fluxo de navios para o porto.

O projeto de mobilidade urbana da Foz do Rio Itajaí, que inclui o túnel, vem sendo estudado desde 2015.

Fonte: Visor Notícias



Siga-nos no Google News

CLIQUE PARA CONTINUAR A LEITURA

Mini Kalzone
Mini Kalzone

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

alinor