Paraguaia vítima de tráfico de prostituição é resgatada em SC

A jovem, de 18 anos, foi trazida a Biguaçu sob promessa de uma oportunidade de trabalho

Paraguaia vítima de tráfico de prostituição é resgatada em SC Divulgação

A jovem, de 18 anos, foi trazida a Biguaçu sob promessa de uma oportunidade de trabalho

Participe do grupo e receba as principais notícias
da região em tempo real.

Continua depois da publicidade


Uma jovem paraguaia de 18 anos foi resgatada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) após ter sido encaminhada a pelo menos dois prostíbulos diferentes na região metropolitana de Florianópolis. Segundo a PRF, a ação ocorreu no último sábado (9), quando os agentes foram acionados pela Interpol.

A mulher foi trazida para o Brasil há cerca de uma semana, informou a PRF, sob promessa de trabalho como empregada doméstica. Ao chegar a Santa Catarina, no entanto, foi informada pela agenciadora que deveria se prostituir para quitar dívidas referentes a viagem e estadia.

Após se negar a trabalhar com prostituição, foi transferida de casa e enviou, onde conseguiu enviar, escondida, mensagem aos familiares.

A PRF foi, então, acionada e localizou a mulher. A ocorrência foi conduzida para a delegacia da Polícia Federal em Florianópolis, que abriu investigação pelo crime de tráfico internacional de seres humanos.



Siga-nos no Google News

CLIQUE PARA CONTINUAR A LEITURA