“Saudade em gratidão”: Família doa órgãos de filha e salva vidas

Ela teve um Acidente Vascular Cerebral (AVC) confirmada pelos médicos

“Saudade em gratidão”: Família doa órgãos de filha e salva vidas Redes sociais

Ela teve um Acidente Vascular Cerebral (AVC) confirmada pelos médicos

Participe do grupo e receba as principais notícias
da região em tempo real.

Continua depois da publicidade


A professora Jéssica Hoffmann de 29 anos, natural de Chapecó região Oeste de Santa Catarina que morava desde fevereiro em Balneário Camboriú. Na última segunda-feira(4) ela morreu após um Acidente Vascular Cerebral (AVC) e foi confirmada pelos médicos. A jovem ficou seis dias internada na UTI do Hospital Ruth Cardoso, em Balneário Camboriú.

A família mesmo em meio a dor precisou buscar forças nesse momento de luto, e decidiu pela doação dos órgãos da professora Jéssica. Uma atitude de compaixão e amor ao próximo, que vai ajudar a salvar entre seis a oito vidas na fila de espera. Já que era o seu desejo e foi atendida pelos familiares. A jovem deixou seu legado o que mais amava era cuidar de vidas, principalmente a de seus alunos onde atuou nas cidades de Chapecó, Balneário Camboriú e Itajaí.

Siga-nos no Google News

CLIQUE PARA CONTINUAR A LEITURA