Adolescentes matam aula e acabam "conversando" com a PM de pertinho

Adolescentes matam aula e são surpreendidos com a chegada da PM.

Adolescentes matam aula e acabam "conversando" com a PM de pertinho Polícia Militar

Adolescentes matam aula e são surpreendidos com a chegada da PM.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da região em tempo real.

PUBLICIDADE UVEL 01


Na tarde da última quarta-feira (8) os menininhos de menor conheceram pela primeira vez de pertinho a PM, após "gazear" aula na cidade de São João Batista/SC.


PUBLICIDADE

topsul

TV Razão

Conversa Franca com Gean Loureiro
Conversa Franca

Prefeito de Tijucas participa do Conversa Franca

Assista agora!

Em patrulhamento pela região central da cidade, a guarnição localizou três masculinos em atitude suspeita em frente a rodoviária do município, ao ver os policiais mostraram nervosismo e tentaram se disfarçar com a chegada da PM.


Nas buscas pessoais nada de ilícito com os garotos, apenas relataram estar matando aula para usar a rede de internet pública e jogar os joguinhos online.


Um dos adolescentes estava com a documentação falsa, o mesmo alegou ser de maior idade e usava o documento para entrar nas baladinhas.


Diante dos fatos após uma boa conversa, foi constatado o crime de falsidade ideológica, a equipe do Conselho Tutelar,  compareceu na ocorrência para acompanhar as  providencias legais cabíveis.


Por: Matheus Carvalho


Na tarde da última quarta-feira (8) os menininhos de menor conheceram pela primeira vez de pertinho a PM, após "gazear" aula na cidade de São João Batista/SC.

TV Razão

Prefeito de Tijucas participa do Conversa Franca
Conversa Franca

Em pauta, saúde de Tijucas, destino do Hospital São José, obras na cidade e os bastidores da Administração Municipal. Assista!

Assista agora!


Em patrulhamento pela região central da cidade, a guarnição localizou três masculinos em atitude suspeita em frente a rodoviária do município, ao ver os policiais mostraram nervosismo e tentaram se disfarçar com a chegada da PM.


Nas buscas pessoais nada de ilícito com os garotos, apenas relataram estar matando aula para usar a rede de internet pública e jogar os joguinhos online.


Um dos adolescentes estava com a documentação falsa, o mesmo alegou ser de maior idade e usava o documento para entrar nas baladinhas.


Diante dos fatos após uma boa conversa, foi constatado o crime de falsidade ideológica, a equipe do Conselho Tutelar,  compareceu na ocorrência para acompanhar as  providencias legais cabíveis.


Por: Matheus Carvalho

Siga-nos no Google News

CLIQUE PARA CONTINUAR A LEITURA

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

UVEL 03