TIJUCAS: Mulher tentar agredir e ofende policiais ao ser flagrada bêbada ao volante

Segundo os policiais, a condutora proferiu diversos xingamentos, chamando os policiais de "seus lixos, seus bostas, vocês são uns merda, filhos da p.."

TIJUCAS: Mulher tentar agredir e ofende policiais ao ser flagrada bêbada ao volante PM / Reprodução

Segundo os policiais, a condutora proferiu diversos xingamentos, chamando os policiais de "seus lixos, seus bostas, vocês são uns merda, filhos da p.."

Participe do grupo e receba as principais notícias
da região em tempo real.

PUBLICIDADE GISLAINE QUADRADO ROYAL

Após quase causar vários acidentes em Tijucas, a condutora de um veículo Renault/Logan acabou detida pela polícia por embriaguez ao volante e desacato. 

O caso foi registrado neste domingo, por volta das 16h. 

Uma viatura da PM realizava rondas preventivas quando foi informada que a condutora quase colidiu em outros veículos e que possivelmente estaria dirigindo embriagada.

PUBLICIDADE

gislaine devitte

TV Razão

Maickon Sgrott - Presidente da Câmara de Tijucas  no Conversa Franca
Conversa Franca

Maickon Sgrott - Presidente da Câmara de Tijucas no Conversa Franca

Assista

A guarnição localizou o referido veiculo, foi feito acompanhamento e por diversas vezes foi dado ordem de parada. Ela se recusava a parar, mas acabou encostando na Rua Nova Trento.

Imediatamente notou-se que a condutora estava em visível estado de embriaguez. Exaltada, não obedecia as ordens de comando dos policiais, não queria descer do veículo e passou a xingar os agentes quando solicitaram seus documentos.

Segundo os policiais, a condutora proferiu diversos xingamentos, chamando os policiais de "seus lixos, seus bostas, vocês são uns merda, filhos da p..", e recusava-se a cooperar na abordagem, inclusive querendo agredir os policiais. 

Diante disso, foi necessário o uso de gás de pimenta para a imobilizar e algemar a condutora, que ainda chutou diversas vezes os policiais e a viatura. Ela foi colocada no interior da viatura para resguardar a integridade física dela e dos policiais.

Junto com o veiculo havia um masculino de carona, que confirmou que a condutora estava bebendo enquanto dirigia e pediu para ele dirigir o veículo, porém se negou por não ter Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

A condutora recusou a realizar o teste de alcoolemia, foi realizado o Auto de Constatação, realizado os procedimentos administrativos diante dos fatos constatados.

Foi lavrado o Competente Boletim de Ocorrência, tomado todas as medidas de trânsito cabíveis, bem como conduzido a condutora até a Delegacia de Polícia.

Após quase causar vários acidentes em Tijucas, a condutora de um veículo Renault/Logan acabou detida pela polícia por embriaguez ao volante e desacato. 

O caso foi registrado neste domingo, por volta das 16h. 

TV Razão

Maickon Sgrott - Presidente da Câmara de Tijucas  no Conversa Franca
Conversa Franca

Maickon Sgrott - Presidente da Câmara de Tijucas no Conversa Franca

Assista

Uma viatura da PM realizava rondas preventivas quando foi informada que a condutora quase colidiu em outros veículos e que possivelmente estaria dirigindo embriagada.

A guarnição localizou o referido veiculo, foi feito acompanhamento e por diversas vezes foi dado ordem de parada. Ela se recusava a parar, mas acabou encostando na Rua Nova Trento.

Imediatamente notou-se que a condutora estava em visível estado de embriaguez. Exaltada, não obedecia as ordens de comando dos policiais, não queria descer do veículo e passou a xingar os agentes quando solicitaram seus documentos.

Segundo os policiais, a condutora proferiu diversos xingamentos, chamando os policiais de "seus lixos, seus bostas, vocês são uns merda, filhos da p..", e recusava-se a cooperar na abordagem, inclusive querendo agredir os policiais. 

Diante disso, foi necessário o uso de gás de pimenta para a imobilizar e algemar a condutora, que ainda chutou diversas vezes os policiais e a viatura. Ela foi colocada no interior da viatura para resguardar a integridade física dela e dos policiais.

Junto com o veiculo havia um masculino de carona, que confirmou que a condutora estava bebendo enquanto dirigia e pediu para ele dirigir o veículo, porém se negou por não ter Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

A condutora recusou a realizar o teste de alcoolemia, foi realizado o Auto de Constatação, realizado os procedimentos administrativos diante dos fatos constatados.

Foi lavrado o Competente Boletim de Ocorrência, tomado todas as medidas de trânsito cabíveis, bem como conduzido a condutora até a Delegacia de Polícia.

Siga-nos no Google News

CLIQUE PARA CONTINUAR A LEITURA

mg tec
mg tec

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

BEIRA RIO