URGENTE: Polícia prende pedófilo em Tijucas

Denúncia de abusos sexuais gravíssimos foi divulgada pelo Jornal Razão há menos de uma semana

URGENTE: Polícia prende pedófilo em Tijucas Reprodução / Jornal Razão

Denúncia de abusos sexuais gravíssimos foi divulgada pelo Jornal Razão há menos de uma semana

Participe do grupo e receba as principais notícias
da região em tempo real.

Continua depois da publicidade

A Polícia Civil de Tijucas acaba de prender Célio Gomes, acusado de graves casos de pedofilia por mulheres da cidade. A prisão foi confirmada pelo Delegado Dr. Aderlan ao JR. 

As vítimas se encorajaram após Joana Barreiros Santos revelar ao Jornal Razão a dura realidade que enfrentou nas mãos do homem enquanto era apenas uma criança. 

Após registrar Boletim de Ocorrência, Joana Barreiros Santos esteve no JR e, com muita coragem, abriu o caminho para que outras vítimas também denunciassem Célio Gomes, mais conhecido como Celinho da Vidraçaria.

Joana foi vítima dos 6 aos 10 anos. 

A amizade entre as famílias de Joana e de Célio era grande e jamais a mãe de Joana cogitaria que Célio Gomes, mais conhecido como Celinho da Vidraçaria, abusaria de uma criança. Muito menos de sua filha.

Quando Joana descobriu que, inocentemente, sua mãe iria defender o homem responsável por tirar sua inocência de forma tão vil e desprezível, Joana não aguentou e revelou os fatos que marcaram o que deveria ser a melhor fase de sua vida.

“Ele sempre passava a mão em mim. Começou tocando as partes íntimas, até que passou a fazer com que masturbasse ele. Me beijava na boca e chegou até a levar num motel”, conta a vítima.

Célio foi condenado recentemente a mais de 13 anos de prisão. Como se trata de crime de natureza sexual contra menor, é necessário muita cautela e responsabilidade na hora de divulgar as informações.

Em conversa com a mãe da vítima, ela concordou que divulgássemos um repugnante detalhe sobre o crime: sua filha, que teria sido abusada por Célio nos fatos que resultaram em sua condenação, é autista e enfrenta uma difícil luta contra um câncer na cabeça.

O Jornal Razão permanece ao lado das vítimas na luta por justiça. 

Siga-nos no Google News

CLIQUE PARA CONTINUAR A LEITURA