Após anos de luta, interior de Tijucas receberá mais de 5km de asfalto

Vereador Maurício Poli comprou a briga das comunidades interioranas desde o início de seu mandato. Agora, Maurício celebra os frutos desta luta: mais de 5km de pavimentação asfáltica no interior do município

Após anos de luta, interior de Tijucas receberá mais de 5km de asfalto Lorran Barentin / Jornal Razão

Vereador Maurício Poli comprou a briga das comunidades interioranas desde o início de seu mandato. Agora, Maurício celebra os frutos desta luta: mais de 5km de pavimentação asfáltica no interior do município

Participe do grupo e receba as principais notícias
da região em tempo real.

Continua depois da publicidade

O vereador estreante Maurício Poli não abaixou a cabeça e honrou sua promessa aos moradores do interior de Tijucas. 

Nascido e criado no bairro Terra Nova, Maurício conviveu de perto com a comunidade e sabe a lástima enfrentada pelos habitantes por conta da poeira, buracos e uma série de empecilhos causados pela falta de pavimentação. 

Recém-eleito, antes mesmo de assumir o cargo na Câmara Municipal de Vereadores, Maurício passou a buscar interlocutores para articular recursos. Conseguiu viabilizar o projeto e com este passo importante resolvido focou na viabilidade da obra. 

A notícia não poderia ser melhor: além de ter logrado êxito na batalha pelo asfaltamento da Terra Nova, que liga a região Central de Tijucas às localidades do Oliveira e Campo Novo, existe a certeza de que será realizado um excelente trabalho por parte da empresa vencedora. A ganhadora do edital para a realização da referida obra, que tem investimento superior a R$ 7 milhões, foi a PLM. 

A PLM é de Tijucas e possuí anos de credibilidade no mercado, sendo considerada uma das melhores do segmento no Sul do País. 

"Aguardaremos o início da obra, a qual será muito importante para a comunidade, beneficiando principalmente os agricultores. Venho lutando desde do início do meu mandato e agora enfim, sairá do papel. Juntos Somos Mais Fortes", comemorou Maurício. 

Siga-nos no Google News

CLIQUE PARA CONTINUAR A LEITURA