Pós-operatório adequado impede infecção e chance de nova cirurgia

Alimentação adequada, repouso e seguir as orientações médicas são algumas das ações que devem ser feitas pelo paciente após uma cirurgia

Pós-operatório adequado impede infecção e chance de nova cirurgia Divulgação

Alimentação adequada, repouso e seguir as orientações médicas são algumas das ações que devem ser feitas pelo paciente após uma cirurgia

Participe do grupo e receba as principais notícias
da região em tempo real.

PUBLICIDADE uvel

O pós-operatório é fundamental para a saúde do paciente e, por isso, são necessários diversos cuidados nessa fase para evitar complicações. Boa alimentação, repouso e cuidados em casa são algumas das orientações médicas para esse período após uma cirurgia.

“Os riscos do pós-operatório inadequado são múltiplos, desde a não recuperação da enfermidade até o risco de infecção. A imunidade diminui. O indivíduo tem um estado, é um estado de ser pós-operatório, esse estado tem que ter emoções positivas, pensamentos positivos, vitalidade a nível corporal”, explica o Dr Bruno Trauczynski Neto, cirurgião-geral do Hospital São José – Tijucas.

Durante o pós-operatório, ainda no hospital, a equipe médica analisa diversas condições como hidratação, oxigenação e cicatrização. Em cirurgias de grande porte há maior atenção para possíveis problemas. Sendo as principais infecções na área da ferida, atelectasia (complicação respiratória que causa febre, taquicardia e tosse) e hematomas.

PUBLICIDADE

gislaine devitte

TV Razão

Em pauta, saúde de Tijucas, destino do Hospital São José, obras na cidade e os bastidores da Administração Municipal. Assista!
Conversa Franca

Em pauta, saúde de Tijucas, destino do Hospital São José, obras na cidade e os bastidores da Administração Municipal. Assista!

Assista Agora

“A cura envolve a recuperação total do indivíduo de todos os níveis até o nível emocional, espiritual, físico e emocional. Tudo isso é uma parte muito importante do pós-operatório”, afirma o cirurgião-geral do Hospital São José – Tijucas

O tempo de recuperação até a liberação médica varia de acordo com a extensão da cirurgia e sua gravidade. As operações mais leves e pequenas têm um período muito menor do que em comparação com as que têm alto grau de complexidade.


Confira as principais recomendações para o pós-operatório

● Tenha uma alimentação adequada

Em um momento pós-cirúrgico, o corpo necessita de nutrientes para retomar o funcionamento anterior. Mantenha-se hidratado, coma alimentos leves e evite alimentos gordurosos como frituras, condimentos, carnes suinas, doces e bebidas alcóolicas

● Repouso

O paciente não de realizar esforços físicos como dirigir, levantar peso ou fazer atividade física até liberação médica

● Tome cuidado com os curativos

Os curativos protegem a cicatriz de infeccionar. Higienize bem as mãos antes de tocar nos curativos. Verifique possível sujeira no curativo e se a cicatriz tem mau cheiro ou está liberando pus, que são sinais de infecção

● Preste atenção nos medicamentos

Remédios podem ser importantes para controlar a dor existente no pós-operatório, no entanto, é preciso tomar alguns cuidados como não tomar anticoagulantes em até 21 dias e anticoncepcional em 14 dias. Sempre pergunte para o médico.

● Siga sempre a indicação médica

Mesmo que não esteja com dor e que cuide bem dos curativos, é sempre importante seguir as recomendações médicas e só retomar às atividades normais após liberação



O pós-operatório é fundamental para a saúde do paciente e, por isso, são necessários diversos cuidados nessa fase para evitar complicações. Boa alimentação, repouso e cuidados em casa são algumas das orientações médicas para esse período após uma cirurgia.

“Os riscos do pós-operatório inadequado são múltiplos, desde a não recuperação da enfermidade até o risco de infecção. A imunidade diminui. O indivíduo tem um estado, é um estado de ser pós-operatório, esse estado tem que ter emoções positivas, pensamentos positivos, vitalidade a nível corporal”, explica o Dr Bruno Trauczynski Neto, cirurgião-geral do Hospital São José – Tijucas.

TV Razão

Em pauta, saúde de Tijucas, destino do Hospital São José, obras na cidade e os bastidores da Administração Municipal. Assista!
Conversa Franca

Em pauta, saúde de Tijucas, destino do Hospital São José, obras na cidade e os bastidores da Administração Municipal. Assista!

Assista Agora

Durante o pós-operatório, ainda no hospital, a equipe médica analisa diversas condições como hidratação, oxigenação e cicatrização. Em cirurgias de grande porte há maior atenção para possíveis problemas. Sendo as principais infecções na área da ferida, atelectasia (complicação respiratória que causa febre, taquicardia e tosse) e hematomas.

“A cura envolve a recuperação total do indivíduo de todos os níveis até o nível emocional, espiritual, físico e emocional. Tudo isso é uma parte muito importante do pós-operatório”, afirma o cirurgião-geral do Hospital São José – Tijucas

O tempo de recuperação até a liberação médica varia de acordo com a extensão da cirurgia e sua gravidade. As operações mais leves e pequenas têm um período muito menor do que em comparação com as que têm alto grau de complexidade.


Confira as principais recomendações para o pós-operatório

● Tenha uma alimentação adequada

Em um momento pós-cirúrgico, o corpo necessita de nutrientes para retomar o funcionamento anterior. Mantenha-se hidratado, coma alimentos leves e evite alimentos gordurosos como frituras, condimentos, carnes suinas, doces e bebidas alcóolicas

● Repouso

O paciente não de realizar esforços físicos como dirigir, levantar peso ou fazer atividade física até liberação médica

● Tome cuidado com os curativos

Os curativos protegem a cicatriz de infeccionar. Higienize bem as mãos antes de tocar nos curativos. Verifique possível sujeira no curativo e se a cicatriz tem mau cheiro ou está liberando pus, que são sinais de infecção

● Preste atenção nos medicamentos

Remédios podem ser importantes para controlar a dor existente no pós-operatório, no entanto, é preciso tomar alguns cuidados como não tomar anticoagulantes em até 21 dias e anticoncepcional em 14 dias. Sempre pergunte para o médico.

● Siga sempre a indicação médica

Mesmo que não esteja com dor e que cuide bem dos curativos, é sempre importante seguir as recomendações médicas e só retomar às atividades normais após liberação



Siga-nos no Google News

CLIQUE PARA CONTINUAR A LEITURA

dosol
dosol

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

topsul