Professor Elói autoriza a produção de documentário sobre a história de Tijucas

A ideia é ensinar a história de Tijucas para nossas crianças nas salas de aula do município. Uma gincana de conhecimento premiará aqueles que se destacarem no estudo sobre Tijucas

Professor Elói autoriza a produção de documentário sobre a história de Tijucas Acervo / Jornal Razão

A ideia é ensinar a história de Tijucas para nossas crianças nas salas de aula do município. Uma gincana de conhecimento premiará aqueles que se destacarem no estudo sobre Tijucas

Participe do grupo e receba as principais notícias
da região em tempo real.

Continua depois da publicidade

O prefeito Eloi Mariano Rocha, antes de entrar para a vida pública, exercia a mais nobre das profissões: ele era professor.

A experiência em sala de aula fez com que Eloi buscasse agora, como prefeito, oferecer para as crianças um importante documentário. O foco é simples: por que Tijucas? 

A história de Tijucas é riquíssima e está, infelizmente, se perdendo no tempo. Com uma cidade em franco desenvolvimento, temos em Tijucas ao menos 50 mil habitantes, muitos deles oriundos de outros lugares do país. Toda essa gente escolheu a cidade para construir família e edificar suas vidas, mas em lugar algum encontram de forma detalhada e de fácil compreensão os dados e informações sobre os 162 anos de história de Tijucas. 

Segundo o Prefeito Eloi, “as experiências de anos atrás permitem entendermos o presente e prospectar o futuro”. 


Em parceria com o Jornal Razão, com base nos estudos do historiador Leopoldo Barentin, fundador do JR, está sendo preparado um material inédito, abrangendo desde o início da história até tópicos como o meio ambiente, empreendedorismo, indústria, comércio, turismo, esportes e saúde.

Este material será disponibilizado para toda a Rede Municipal de Ensino de maneira gratuita em salas de aula. Além do valor histórico e social, o projeto contempla uma gincana de conhecimento, organizada com o apoio da ACIT/CDL de Tijucas. Os alunos que se destacarem poderão ganhar prêmios como um celular iPhone. 

"Temos orgulho de saber que, ao inspirar a busca deste importante conhecimento, inspiramos também a paixão pela história de Tijucas", destaca Lorran Barentin, diretor do Jornal Razão, que está à frente do projeto. 

Siga-nos no Google News

CLIQUE PARA CONTINUAR A LEITURA