Descubra como como calcular lucro do seu negócio

Conhecer a fundo o que é lucro e como fazer essa conta é essencial para o sucesso da sua empresa.

Descubra como como calcular lucro do seu negócio Pexels

Participe do grupo e receba as principais notícias
da região em tempo real.

Calcular lucro de empresa é uma das tarefas mais importantes para quem deseja garantir a rentabilidade de um negócio.

Embora nem sempre seja o principal indicador de um novo negócio, conhecer a fundo o que é lucro e como fazer essa conta é essencial. Afinal, de todos os objetivos de abrir uma empresa, ter lucratividade é um dos mais fundamentais.

PUBLICIDADE

Mesmo tendo toda essa importância, é muito comum que quem está começando a empreender não conheça a fórmula para calcular lucro de empresa. Ou não compreenda quais são os fatores a serem considerados nesta conta.

Se esse for o seu caso, não se preocupe. Preparamos esse artigo para explicar o que é o lucro de uma companhia e como fazer esse cálculo.

O que é e como calcular lucro de empresa?

Antes de saber como calcular o lucro da sua empresa é preciso entender o conceito de lucro. De acordo com o dicionário, lucro é "proveito de ordem material, moral ou intelectual que se tira de alguma coisa; benefício, crédito, vantagem" ou ainda, "ganho que se obtém, resultante da diferença entre a receita e o custo de produção".

Para o nosso texto vamos nos ater a segunda definição. Ou seja, o lucro é a diferença entre a receita obtida com a venda de um produto ou serviço, subtraindo os custos de produção ou aquisição.

Pensando assim parece fácil. Mas, na prática, para calcular o lucro de uma empresa é preciso levar outros fatores em consideração.

Em resumo, a lucratividade de uma empresa é um indicador adequado para conhecer a saúde financeira da sua empresa.

Agora que já passamos pela definição de lucro, é preciso entender a diferença entre Lucro Bruto e Lucro Líquido. Esses conceitos também são fundamentais na hora de calcular o lucro da empresa.

Lucro Bruto

O lucro operacional bruto, ou apenas lucro bruto, nada mais é que o resultado da subtração de custos variáveis da receita total obtida em um período.

Assim, a fórmula é:

LUCRO BRUTO = RECEITAS TOTAIS - CUSTOS VARIÁVEIS

Para ficar mais fácil, vamos explicar o que são os fatores dessa fórmula.

Receitas Totais

Esse é o valor total obtido com a venda de produtos ou serviços

Custos variáveis

São todos os gastos feitos na aquisição ou produção do produto ou serviço vendido. São chamados variáveis pois variam de acordo com o volume vendido.

Assim, no caso da venda de produtos, a Receita Total é o valor total que a sua empresa irá receber dos clientes. Já os custos variáveis é o valor que você pagou para adquirir esse produto antes de vender ou o valor da produção.

No caso de uma padaria, os custos variáveis são aqueles relacionados aos ingredientes utilizados na fabricação dos pães, por exemplo

Lucro Líquido

O cálculo do lucro líquido é um pouco mais complexo, já que além dos custos variáveis, ele também conta com os custos fixos.

Custos fixos

Esses são os valores gastos para manutenção do negócio. Aluguel, contas de energia, água, internet, salários, impostos. Esses são alguns dos custos fixos. No exemplo da padaria, podemos pensar no aluguel do lugar, a remuneração de funcionários, aluguel de equipamentos, entre outros.

CUSTOS FIXOS + CUSTOS VARIÁVEIS = CUSTO TOTAL

Assim, para calcular o lucro líquido basta usar a fórmula:

LUCRO LÍQUIDO = RECEITA TOTAL - CUSTO TOTAL

Lucratividade

Como falamos acima, o lucro de uma empresa é um dos indicadores que determinam a saúde financeira de um negócio. Quem empreende sabe que no início de uma companhia nem sempre é possível identificar o lucro.

No entanto, com o passar do tempo é importante ficar de olho para garantir que a empresa passe a ser rentável.

Quando falamos de lucro surgem muitas dúvidas em relação a outros conceitos relacionados a esse indicador, como a lucratividade.

Margem de Lucro

A margem de lucro indica o percentual de lucro líquido em relação a receita, segundo a fórmula:

MARGEM DE LUCRO = (LUCRO/RECEITA TOTAL) * 100

Esse dado mostra a eficiência da operação da empresa, ou seja, quanto da receita que de fato se transformou em lucro. Assim como é possível calcular o lucro bruto e líquido, também é possível aplicar o conceito de margem a esses dois cenários.

A margem de lucro bruta é usada para saber a lucratividade de um produto ou serviço da empresa. Isso porque ela considera apenas os custos envolvidos na produção ou aquisição do produto.

Já a margem de lucro líquida fornece a lucratividade da empresa como um todo, levando em consideração todos os custos de operação da empresa, além daqueles relacionados ao produto.

A importância da margem de lucro na gestão financeira

Usar essas duas formas no dia a dia da empresa é essencial para garantir que o negócio é rentável. Com a margem bruta é possível determinar, por exemplo, quais são os produtos mais interessantes para a empresa, ou seja, que trazem mais lucro na hora de vender.

Por outro lado, ao olhar para a margem de lucro líquido será possível ter uma visão mais ampla do resultado da companhia. Essas duas informações combinadas são importantes para definir estratégias para os próximos meses.

Por exemplo, se foi identificado que determinado produto traz uma margem muito baixa é possível estabelecer um reajuste de preço. No caso de um produto com margem mais alta você pode criar um plano para aumentar as vendas e gerar mais lucro.

E para ajudar na organização financeira deste plano, uma ótima opção é ter uma planilha para registrar todas as entradas e saídas. Isso dará a você um maior controle de tudo que está sendo feito. Caso você não tenha uma em mãos, fique à vontade para baixar este modelo de planilha de orçamento gratuita.

Com essa informação também é possível definir o preço de venda de um produto e as estratégias de desconto para clientes que tenham um impacto positivo no faturamento, sem prejudicar a margem líquida.

Além disso, é possível utilizar essas informações para buscar alternativas de matéria-prima e fornecedores ou até tentar novas negociações que reduzam o custo do produto. Negociar mensalidades, tarifas e outras contas também podem ajudar a trazer mais lucratividade para a empresa.

Calcular lucro de empresa é uma atividade que deve estar sempre no radar de quem empreende ou quer começar. Só assim é possível fazer um controle financeiro eficiente que busque soluções econômicas para o crescimento do negócio.