Mulher é presa sob acusações de xingar segurança de boate em BC de “macaco” e “gorila”

Mulher de 29 anos, detida neste domingo (2), teria proferido os xingamentos racistas durante tumulto em casa noturna

Mulher é presa sob acusações de xingar segurança de boate em BC de “macaco” e “gorila”

Divulgação / reprodução

No WhatsApp do JR tem notícia toda hora! Clique aqui para acessar.

Uma mulher de 29 anos foi presa sob a acusação de racismo na madrugada de um feriado, em uma balada localizada na Avenida Dalmo Vieira, em Balneário Camboriú.

A ocorrência foi registrada quando a suspeita, que estava visivelmente alterada, envolveu-se em uma confusão dentro da casa noturna, resultando em ofensas racistas dirigidas a um dos seguranças do estabelecimento.

A Guarda Municipal foi acionada para intervir e efetuar a prisão da mulher, que foi contida pelos seguranças após ter iniciado tumulto na festa. Durante a abordagem para retirada da suspeita, ela teria proferido insultos racistas contra os funcionários da balada, especificamente dirigidos a um segurança de 31 anos, a quem teria xingado de "macaco" e "gorila".

A mulher foi detida e encaminhada à delegacia, onde responderá pelo crime de injúria racial.

De acordo com a legislação vigente, a pena para esse tipo de crime pode chegar a cinco anos de prisão.


Com informações do Diarinho.