Oito mortos: tragédia na Grande Florianópolis tem pai, mãe e filho entre as vítimas de grave acidente

Acidente ocorreu entre Rancho Queimado e Anitápolis; motorista do Astra estaria bêbado e a 140km/h, segundo testemunhas

Oito mortos: tragédia na Grande Florianópolis tem pai, mãe e filho entre as vítimas de grave acidente

Jornal Razão/ Reprodução

No WhatsApp do JR tem notícia toda hora! Clique aqui para acessar.

O grave acidente registrado na SC-108, em Anitápolis, na Grande Florianópolis, que resultou na morte de oito pessoas na noite de sexta-feira (7), ceifou a vida de uma família, sendo o pai, a mãe e seu filho, que estavam em um dos veículos envolvidos na colisão.

O acidente, que ocorreu por volta das 20h, envolveu um Chevrolet Prisma e um Chevrolet Astra. 

A Polícia Militar Rodoviária (PMRv) informou que o Prisma tinha três ocupantes: um homem e uma mulher, que morreram no local, e o motorista, que foi levado ao hospital em estado grave. No Astra, além do motorista e dois passageiros que morreram na hora, outros dois ocupantes foram encaminhados ao hospital em estado grave.

Na manhã deste sábado (8), por volta das 9h40, a PMRv informou que os três feridos que estavam hospitalizados não resistiram aos ferimentos, elevando o número de mortes para oito. 

Segundo testemunhas, o Astra, que seguia em direção a Anitápolis, invadiu a contramão e colidiu frontalmente com o Prisma, que se dirigia à BR-282. Informações extraoficiais apontam que o motorista do Astra estaria embriagado e dirigia a uma velocidade de 140 km/h no momento da colisão.

O Corpo de Bombeiros relatou que o motorista do Prisma estava fora do veículo no momento do atendimento. Dos sobreviventes do Astra, um foi ejetado do carro e o outro resgatado pelo Samu. O Astra foi removido para o pátio do Sinasc devido à falta de licenciamento. 

As vítimas ainda não foram identificadas.